Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 978-85-228-0942-4

Orações relativas no português brasileiro [e-book - ePub]

Diferentes perspectivas

Produto Gratuito

Preencha os campos abaixo para baixar download:

O livro se compõe de três partes, cada uma apresentando uma abordagem teórico-metodológica corrente na linguística desenvolvida no Brasil: a formal, a variacionista e a funcional.

 

Na primeira parte, são apresentados os principais modelos formulados, no âmbito da linguística gerativa, para descrever a estrutura sintática das orações relativas das línguas naturais, além de ser feita uma abordagem de um tipo especial de relativas, as chamadas relativas livres.

 

A segunda parte, dedicada à abordagem variacionista, revisita trabalhos pioneiros sobre as relativas e descreve a variação e a mudança relacionadas à história dos textos, no emprego das orações relativas no português do Brasil, sob a ótica de dois paradigmas associados: o da sociolinguistica e o das tradições discursivas.

 

Por fim, na terceira, contemplam-se: motivações sociointeracionais e cognitivas implicadas na recorrência às formas não padrão de organização da oração relativa; investigação sobre um tipo de ocorrência de orações relativas apositivas no português em uso, denominadas orações desgarradas; abordagem de orações adjetivas, em distintos níveis de prototipicidade, nas aulas de língua portuguesa no Brasil, refletindo sobre as concepções veiculadas por professores acerca do tema e de como os alunos identificam essas estruturas oracionais.

Código:
978-85-228-0942-4
  • Informações do produto Seta - Abrir

    O livro se compõe de três partes, cada uma apresentando uma abordagem teórico-metodológica corrente na linguística desenvolvida no Brasil: a formal, a variacionista e a funcional.

     

    Na primeira parte, são apresentados os principais modelos formulados, no âmbito da linguística gerativa, para descrever a estrutura sintática das orações relativas das línguas naturais, além de ser feita uma abordagem de um tipo especial de relativas, as chamadas relativas livres.

     

    A segunda parte, dedicada à abordagem variacionista, revisita trabalhos pioneiros sobre as relativas e descreve a variação e a mudança relacionadas à história dos textos, no emprego das orações relativas no português do Brasil, sob a ótica de dois paradigmas associados: o da sociolinguistica e o das tradições discursivas.

     

    Por fim, na terceira, contemplam-se: motivações sociointeracionais e cognitivas implicadas na recorrência às formas não padrão de organização da oração relativa; investigação sobre um tipo de ocorrência de orações relativas apositivas no português em uso, denominadas orações desgarradas; abordagem de orações adjetivas, em distintos níveis de prototipicidade, nas aulas de língua portuguesa no Brasil, refletindo sobre as concepções veiculadas por professores acerca do tema e de como os alunos identificam essas estruturas oracionais.

  • Especificações Seta - Abrir
    Código:
    978-85-228-0942-4