Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 978-65-5831-175-1-PDF

Por mares nunca dantes navegados [e-book PDF]

Uma etnografia da prática de vela em um clube de Niterói (RJ)

Produto Gratuito

Preencha os campos abaixo para baixar download:

Com o estudo das relações desenvolvidas por meio do esporte, este livro indica como podem ser analisados aspectos como família, cidadania, relações de gênero e sociabilidade, indo além de uma discussão sobre mais uma modalidade esportiva. Primeira etnografia realizada em um clube de vela no Brasil, o Iate Clube Brasileiro, entre 2009 e 2012, a obra aborda três dimensões dessa prática esportiva. 


Em primeiro lugar, o esporte como um espaço de transmissão de valores importantes para esse grupo social, particularmente no que diz respeito às relações familiares reforçadas pela transmissão geracional da vela. 


Na segunda dimensão, as questões de gênero envolvidas em um esporte que, apesar de ser um dos mais vitoriosos da trajetória olímpica brasileira, apenas recentemente passou a contar com medalhistas mulheres. 


Na última dimensão, o autor Luiz Rojo parte de uma afirmação ouvida durante o trabalho de campo: a de que a vela seria o mais democrático dos esportes no que diz respeito ao corpo, possibilitando que todas as pessoas possam praticar esta modalidade, particularmente devido à grande quantidade de classes e de tipos de barcos envolvidos, para pensar como este tema da corporalidade assume uma centralidade na prática da vela como esporte de alto rendimento e, também, como atividade de lazer esportivo. 

 

Vídeo: Luiz Rojo fala sobre "Por mares nunca dantes navegados: uma etnografia da prática de vela em um clube de Niterói (RJ)"

 

Vídeo: Luiz Rojo fala sobre "Por mares nunca dantes navegados"

Código:
978-65-5831-175-1-PDF
  • Informações do produto Seta - Abrir

    Com o estudo das relações desenvolvidas por meio do esporte, este livro indica como podem ser analisados aspectos como família, cidadania, relações de gênero e sociabilidade, indo além de uma discussão sobre mais uma modalidade esportiva. Primeira etnografia realizada em um clube de vela no Brasil, o Iate Clube Brasileiro, entre 2009 e 2012, a obra aborda três dimensões dessa prática esportiva. 


    Em primeiro lugar, o esporte como um espaço de transmissão de valores importantes para esse grupo social, particularmente no que diz respeito às relações familiares reforçadas pela transmissão geracional da vela. 


    Na segunda dimensão, as questões de gênero envolvidas em um esporte que, apesar de ser um dos mais vitoriosos da trajetória olímpica brasileira, apenas recentemente passou a contar com medalhistas mulheres. 


    Na última dimensão, o autor Luiz Rojo parte de uma afirmação ouvida durante o trabalho de campo: a de que a vela seria o mais democrático dos esportes no que diz respeito ao corpo, possibilitando que todas as pessoas possam praticar esta modalidade, particularmente devido à grande quantidade de classes e de tipos de barcos envolvidos, para pensar como este tema da corporalidade assume uma centralidade na prática da vela como esporte de alto rendimento e, também, como atividade de lazer esportivo. 

     

    Vídeo: Luiz Rojo fala sobre "Por mares nunca dantes navegados: uma etnografia da prática de vela em um clube de Niterói (RJ)"

     

    Vídeo: Luiz Rojo fala sobre "Por mares nunca dantes navegados"

  • Especificações Seta - Abrir
    Código:
    978-65-5831-175-1-PDF