Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 9788522812011

Trabalho e trabalhadores no Brasil: experiências, deslocamentos, modalidades e resistências

57 28.5
  • 1x de R$ 28.50 sem juros
  • 2x de R$ 15.00 com juros
  • 3x de R$ 10.17 com juros
  • 4x de R$ 7.76 com juros
  • 5x de R$ 6.31 com juros

Calcule o frete e o prazo

loader
Tipo de entrega Entrega* Valor

* O prazo de entrega inicia-se no 1º dia útil após a confirmação do pagamento. Informações referentes apenas para 01 unidade deste item.

O conjunto de artigos deste livro apresenta diversidade temática e pluralidade de leituras acerca dos mundos do trabalho do Brasil oitocentista ao Brasil contemporâneo. A incursão por debates que envolvem trabalho e trabalhadores do século XIX ao XXI propicia o entendimento da dimensão histórica de aspectos das experiências de trabalhadores e das ações do Estado brasileiro em relação ao trabalho.

 

Com documentação oficial, judiciária e relatos de memória é possível adentrar os mundos de escravos, trabalhadores livres e análogos a escravos no Brasil urbano e rural. Exploração e resistência, violência, solidariedade e mobilização, direito e controle social, tensões e embates pertinentes às experiências concretas de trabalhadores e às formas de organização e normatização do trabalho pelo Estado são abordados a partir da perspectiva da História Social.

 

A coletânea é composta de três partes. Na primeira - "Terra, escravidão e conflitos no Brasil oitocentista" -, abordam-se tradições, valores e formas de organização, representação e dominação de escravos e de homens pobres livres, tão importantes para a compreensão do fazer-se classe de trabalhadores do século seguinte. Comércio, propriedade de terras e produção agrícola são o cenário no qual se movem escravos e homens livres dentro e entre fronteiras, em movimento de demarcação, no Brasil oitocentista.

 

A segunda parte - "Experiência de trabalhadores rurais no Brasil contemporâneo: narrativas, deslocamentos e organização política" - trata de deslocamentos, formas de organização política, redes de solidariedade, conflitos e tensões sobre o acesso à terra e a babaçuais e resistência dos trabalhadores rurais nos confins do Brasil. Adentra-se no universo de vareiros, tropeiros, lavradores, quebradeiras de coco. Discutem-se direitos, organizações de trabalhadores, modalidades de trabalho e de acesso à terra num diálogo profícuo com narrativas oriundas da História oral.

 

Os artigos da terceira parte - "Estado e trabalhadores no Brasil contemporâneo" - dedicam-se a projetos de formação do Brasil contemporâneo. Em linhas gerais, discutem-se estratégias de controle social de trabalhadores a partir do Estado, ideias e práticas de militância em torno da sua intervenção na garantia de direitos sociais mínimos.

 

Artigos e autores:

 

Primeira parte: 

 

- "'Não levem negros dos portos de mar para terras que não sejam dos Domínios Portugueses': comércio, contrabando e trabalho na região platina", de Hevelly Ferreira Acruche;

 

- "Os homens pobres na descrição dos potentados: uma prescrição sobre a propriedade", de Pedro Parga Rodrigues;

 

- "'Para comprar sua comida de regalo': economia interna dos escravos em Vassouras (1850-1888)", de Fábio Pereira de Carvalho.

 

Segunda parte:

 

- "A faina dos vareiros no rio Grajaú", de Alan Kardec Gomes Pacheco Filho;

 

- "Trabalho e trabalhadores no Médio Mearim: experiências de resistência e solidariedade", de Viviane de Oliveira Barbosa;

 

- "Mundos do trabalho rural: escravidão rural, denúncias e possibilidades de justiça", de Cristiana Costa da Rocha;

 

- "Migração de nordestinos no Médio Mearim - MA (1950-1970): experiências e narrativas", de Marcia Milena Galdez Ferreira.

 

Terceira parte:

 

- "Oposição no Estado Novo e a democracia cristã", de Gabriel Vitorino Sobreira;

 

- "Hegemonia em construção no campo brasileiro: a extensão rural no Brasil (1948-1965)", de Pedro Cassiano Farias de Oliveira;

 

- "A legislação sobre a escravidão contemporânea no século passado: da relação entre o Brasil e a comunidade internacional no século XX", de Norberto O. Ferreras. 

Autor(es):
Cristiana Costa (Org.), Norberto Osvaldo Ferreras (Org.)
Dimensões:
23,0cm x 16,0cm x 1,7cm
Páginas:
304
Acabamento:
Brochura
ISBN:
9788522812011
Código:
9788522812011
Edição:
Data de Edição:
01/09/2017
Data de Lançamento:
01/09/2017
Idioma:
Português
Peso:
475
  • Informações do produto Seta - Abrir

    O conjunto de artigos deste livro apresenta diversidade temática e pluralidade de leituras acerca dos mundos do trabalho do Brasil oitocentista ao Brasil contemporâneo. A incursão por debates que envolvem trabalho e trabalhadores do século XIX ao XXI propicia o entendimento da dimensão histórica de aspectos das experiências de trabalhadores e das ações do Estado brasileiro em relação ao trabalho.

     

    Com documentação oficial, judiciária e relatos de memória é possível adentrar os mundos de escravos, trabalhadores livres e análogos a escravos no Brasil urbano e rural. Exploração e resistência, violência, solidariedade e mobilização, direito e controle social, tensões e embates pertinentes às experiências concretas de trabalhadores e às formas de organização e normatização do trabalho pelo Estado são abordados a partir da perspectiva da História Social.

     

    A coletânea é composta de três partes. Na primeira - "Terra, escravidão e conflitos no Brasil oitocentista" -, abordam-se tradições, valores e formas de organização, representação e dominação de escravos e de homens pobres livres, tão importantes para a compreensão do fazer-se classe de trabalhadores do século seguinte. Comércio, propriedade de terras e produção agrícola são o cenário no qual se movem escravos e homens livres dentro e entre fronteiras, em movimento de demarcação, no Brasil oitocentista.

     

    A segunda parte - "Experiência de trabalhadores rurais no Brasil contemporâneo: narrativas, deslocamentos e organização política" - trata de deslocamentos, formas de organização política, redes de solidariedade, conflitos e tensões sobre o acesso à terra e a babaçuais e resistência dos trabalhadores rurais nos confins do Brasil. Adentra-se no universo de vareiros, tropeiros, lavradores, quebradeiras de coco. Discutem-se direitos, organizações de trabalhadores, modalidades de trabalho e de acesso à terra num diálogo profícuo com narrativas oriundas da História oral.

     

    Os artigos da terceira parte - "Estado e trabalhadores no Brasil contemporâneo" - dedicam-se a projetos de formação do Brasil contemporâneo. Em linhas gerais, discutem-se estratégias de controle social de trabalhadores a partir do Estado, ideias e práticas de militância em torno da sua intervenção na garantia de direitos sociais mínimos.

     

    Artigos e autores:

     

    Primeira parte: 

     

    - "'Não levem negros dos portos de mar para terras que não sejam dos Domínios Portugueses': comércio, contrabando e trabalho na região platina", de Hevelly Ferreira Acruche;

     

    - "Os homens pobres na descrição dos potentados: uma prescrição sobre a propriedade", de Pedro Parga Rodrigues;

     

    - "'Para comprar sua comida de regalo': economia interna dos escravos em Vassouras (1850-1888)", de Fábio Pereira de Carvalho.

     

    Segunda parte:

     

    - "A faina dos vareiros no rio Grajaú", de Alan Kardec Gomes Pacheco Filho;

     

    - "Trabalho e trabalhadores no Médio Mearim: experiências de resistência e solidariedade", de Viviane de Oliveira Barbosa;

     

    - "Mundos do trabalho rural: escravidão rural, denúncias e possibilidades de justiça", de Cristiana Costa da Rocha;

     

    - "Migração de nordestinos no Médio Mearim - MA (1950-1970): experiências e narrativas", de Marcia Milena Galdez Ferreira.

     

    Terceira parte:

     

    - "Oposição no Estado Novo e a democracia cristã", de Gabriel Vitorino Sobreira;

     

    - "Hegemonia em construção no campo brasileiro: a extensão rural no Brasil (1948-1965)", de Pedro Cassiano Farias de Oliveira;

     

    - "A legislação sobre a escravidão contemporânea no século passado: da relação entre o Brasil e a comunidade internacional no século XX", de Norberto O. Ferreras. 

  • Especificações Seta - Abrir
    Autor(es):
    Cristiana Costa (Org.), Norberto Osvaldo Ferreras (Org.)
    Dimensões:
    23,0cm x 16,0cm x 1,7cm
    Páginas:
    304
    Acabamento:
    Brochura
    ISBN:
    9788522812011
    Código:
    9788522812011
    Edição:
    Data de Edição:
    01/09/2017
    Data de Lançamento:
    01/09/2017
    Idioma:
    Português
    Peso:
    475